Blog

14
jul

Transparência e sustentabilidade: veja o relato integrado do ChildFund Brasil 2017

Seguindo as referências do Relato Integrado (RI), desenvolvido pelo Conselho Internacional para Relato Integrado (IIRC), e o modelo da 4ª geração do Global Reporting Initiative (GRI) e o GRI Essencial, o ChildFund Brasil apresenta, pelo terceiro ano consecutivo, seu relatório anual, demonstrando sua preocupação com transparência e sustentabilidade da organização. Aqui, mostraremos os resultados dos programas e projetos da instituição. Veja os principais pontos abordados pela entidade!

O conceito de relato integrado

Fruto da evolução da comunicação empresarial, o relato integrado é um documento que comunica os resultados corporativos, feito a partir da integração entre as áreas. A integração é o que nos permite entender as correlações, as causas e as consequências da tomada de decisão ao longo de um período.

Portanto, parte do pensamento, da gestão e da comunicação integrados. Em palavras mais concretas, o relato integrado é “o resultado final de um processo que considera contexto, modelo de negócio, materialidade, externalidades negativas e positivas, além de ativos intangíveis para explicitar a criação de valor para a própria organização e comunidade onde está inserida”. É uma forma de mostrar à sociedade transparência e sustentabilidade de uma entidade.

O relato integrado do ChildFund Brasil

relato integrado do ChildFund Brasil é uma forma de aprimorar comunicação entre entidade e stakeholders, e de trazer mais transparência a esses relacionamentos. É um relatório que revela a maturidade dos sistemas de governança e de gestão, bem como a capacidade de mensurar o desempenho social, econômico e ambiental. Para transmitir os dados coletados, o ChildFund Brasil abrange, em seu relato integrado, questões relacionadas à gestão e força de trabalho, políticas e procedimentos utilizados, desenvolvimento social e apadrinhamento de crianças.

Gestão e força de trabalho

O modelo de gestão do ChildFund Brasil está alinhado com o Código de Conduta e Ética Empresarial do ChildFund Internacional e faz parte dos esforços para proteger e garantir os direitos das crianças. Sua equipe é composta por 59 empregados e 5 estagiários, sendo 38 mulheres e 26 homens, com know-how em gestão de programas, projetos e tecnologias sociais.

Todos trabalham pelo crescimento sustentável da organização, com as melhores práticas de mercado, governança consolidada e apoio de Organizações Sociais Parceiras (OSPs). Além disso, contam com a ajuda de profissionais autônomos conforme a demanda.

Em 2016, a instituição obteve um grau de satisfação de seus colaboradores acima do mercado (71%, enquanto a média do mercado é 65%). Os três pilares mais validados e reconhecidos pela equipe foram clareza e direcionamento, qualidade e foco no cliente, respeito e reconhecimento.

relato integrado

Políticas e procedimentos (compliance)

Para garantir a segurança da organização e uma governança confiável e transparente, o ChildFund Brasil adota políticas e procedimentos importantes em seu trabalho:

Além disso, orientam-se pelas principais legislações e princípios do mundo de proteção à criança, ao adolescente e ao trabalhador. Como a Convenção sobre os Direitos da Criança (ONU — 1989), Convenções da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Constituição Federal de 1988, Lei do Aprendiz, ECA e Estatuto da Juventude.

Desenvolvimento social

Sempre permeada pela transparência e sustentabilidade, o desenvolvimento social é a linha de frente da organização, sendo responsável pela gestão de programas, projetos e tecnologias sociais, que propiciam a melhoria das condições de vida de crianças, adolescentes e jovens que vivem situações de privação, exclusão e vulnerabilidade. Alguns dados de 2016 provam o impacto do ChildFund Brasil:

Projeto Água Pura para Crianças

Projeto fruto de parceria entre o ChildFund Brasil e a empresa P&G, para aumentar o acesso à água potável para quem utiliza fontes inseguras de água, tais como poços cavados à mão e rios. Para tanto, são distribuídos sachês de purificação da água. O projeto foi desenvolvido em 9 municípios do Vale do Jequitinhonha (Nordeste de Minas Gerais) e os resultados de 2016 são impressionantes:

Projeto Melhor de Mim

Projeto fruto de parceria entre o ChildFund Brasil e a Fundação Telefônica Vivo para combater e prevenir risco ou situação de trabalho infantil de crianças e adolescentes. Implementando na região nordeste de Minas Gerais, o projeto possui foco em crianças e adolescentes, mas também desenvolve atividades com as famílias e as comunidades.

Em 2016, foram 100 beneficiários por mês e o valor total de investimento ultrapassa R$88 mil. A média global da Taxa de Retirada do Trabalho é de 57% dos participantes do projeto.

Apadrinhamento de crianças

A força-motriz do ChildFund Brasil é o apadrinhamento de crianças. Um padrinho ou madrinha dá ao afilhado a oportunidade de alcançar desenvolvimento emocional, cognitivo, físico e social, por meio da participação em projetos educativos, culturais e esportivos, oferecidos pelas organizações sociais parceiras.

O valor doado é investido em um fundo que possibilita a execução das atividades selecionadas de acordo com a necessidade de cada comunidade, sendo a aplicação dos recursos acompanhada por sistemas informatizados e orientada por uma equipe de profissionais competentes e auditados. Para captar padrinhos, o ChildFund Brasil tem apostado no meio digital, a fim de construir uma imagem forte e transparente da organização.

A organização adotou a metodologia Inbound Marketing, que oferece não só anúncios, mas conteúdo relevante para pessoas que realmente têm disposição para apadrinhar. Em 2016, houve queda no número de padrinhos, especialmente estrangeiros.

Em 2014 e 2015 havia, respectivamente, 32.318 e 28.656 padrinhos internacionais e 9.763 e 8.637 padrinhos nacionais. Já no ano passado, 26.810 internacionais e 8.540 nacionais. O efeito da crise econômica que exigiu do ChildFund Brasil novas estratégias de captação.

A partir deste relato integrado é possível ver a seriedade com que o ChildFund Brasil trata a promoção do desenvolvimento da criança e do adolescente. Os resultados dos programas e projetos da instituição foram significativos para reafirmar a nossa visão, que é contribuir para um mundo no qual as crianças exerçam os seus direitos e alcancem o seu potencial.
A transparência e a sustentabilidade de uma entidade do terceiro setor são bons indicadores das organizações sérias e confiáveis. Se você deseja saber mais sobre como escolher uma ONG que mereça sua confiança, baixe gratuitamente nosso e-book!

Este artigo foi escrito por ChildFund Brasil

Doação que transforma vidas!