Para apadrinhar, ligue: 0300 313 2003 Já é padrinho, ligue: 0300 313 0110

Child Fund Melhores ONGs para doar

Uma organização que é referência na mídia em projetos sociais


ONU lança agenda 2030 com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

24/09/2015
Advocacy

Documento será apresentado em Nova York, entre os dias 25 e 27 de setembro, na 68° Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas.

 

Belo Horizonte, setembro de 2015 - O ano de 2015 apresenta uma oportunidade histórica e sem precedentes para reunir os países e a população global e decidir sobre novos caminhos, melhorando a vida das pessoas em todos os lugares. Entre os dias 25 e 27 de setembro, será realizada em Nova York (EUA), a 68° Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) para lançar uma agenda com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que substitui os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

A Agenda de Desenvolvimento Sustentável Pós-2015, agora chamada Agenda 2030, corresponde a conjunto de programas, ações e diretrizes que orientarão os trabalhos das Nações Unidas e de seus países membros rumo ao desenvolvimento sustentável.

Concluídas em agosto de 2015, as negociações da Agenda 2030 culminaram em documento ambicioso que propõe 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e 169 metas correspondentes, fruto do consenso obtido pelos delegados dos Estados-membros da ONU. Os ODS são o cerne da Agenda 2030 e sua implementação ocorrerá no período 2016-2030. Confira a íntegra do documento da Agenda 2030 (atualmente apenas em inglês). Link: http://www.un.org/

A Conferência Rio+20, realizada em 2012 no Brasil, estabeleceu claro mandato para que os Estados-membros da ONU construíssem coletivamente esse conjunto de objetivos e metas, ampliando a experiência de êxito dos Objetivos do Milênio (ODM). Uma das novidades dos ODS e de suas metas é o fato de se aplicarem a todos os Estados-membros das Nações Unidas. Isso reflete o reconhecimento de que todos os países – desenvolvidos e em desenvolvimento – têm desafios a superar quando o assunto é promoção do desenvolvimento sustentável em suas três dimensões: social, econômica e ambiental. Além disso, o Brasil tem destacado a imensa oportunidade de que a pobreza do mundo seja erradicada dentro do período de vigência da nova Agenda.

A Agenda 2030 não se limita a propor os ODS, mas trata igualmente dos meios de implementação que permitirão a concretização desses objetivos e de suas metas. Esse debate engloba questões de alcance sistêmico, como financiamento para o desenvolvimento, transferência de tecnologia, capacitação técnica e comércio internacional. Além disso, deverá ser posto em funcionamento mecanismo de acompanhamento dos ODS e de suas metas. Esse mecanismo deverá auxiliar os países a comunicar seus êxitos e identificar seus desafios, ajudando-os a traçar estratégias e avançar em seus compromissos com o desenvolvimento sustentável. Confira a plataforma virtual das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (em inglês). Link: https://

No Brasil, uma organização referência no combate a pobreza e no desenvolvimento sustentável é o ChildFund Brasil – Fundo Para Crianças, que há 49 anos por meio de elaboração e monitoramento de programas e projetos sociais mobiliza pessoas para a transformação de vidas. Crianças, adolescentes, jovens, famílias e comunidades em situação de risco social são apoiadas para que possam exercer com plenitude o direito à cidadania. Na assembleia, o ChildFund Alliance, filiado ao ChildFund Brasil, representará a organização brasileira.

De acordo com o diretor nacional do ChildFund Brasil, Gerson Pacheco, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável representam um grande evento na agenda mundial. “As organizações e governos de todos os países têm permanecido atentos a este momento, que influenciará em suas prioridades e estratégias de atuação. Os excelentes resultados dos ODM trouxeram ainda mais expectativas para a próxima agenda. O ChildFund está atento à estes objetivos, especialmente no tema da proteção infantil. Participamos de eventos e campanhas para que o assunto fosse inserido nos objetivos, portanto é um grande momento para nós. ”  A organização social foi uma das principais participantes da Conferência da ONU para discutir as metas dos ODM, realizado em 2012.

A Conferência das Nações Unidas para o processo dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável têm desempenhado um papel essencial na construção de consensos internacionais para ações de desenvolvimento. A reunião ajuda a estabelecer prioridades e metas através de uma série de Estratégias Internacionais de Desenvolvimento.

Seguindo a agenda da ONU o Brasil já alcançou grandes processos como a diminuição da pobreza, aumento de crianças na escola, a mortalidade infantil caiu drasticamente, crescimento da população ao acesso a água potável e as metas de investimento para combater a malária, a aids e a tuberculose salvaram milhões de pessoas.

A nova Agenda de Desenvolvimento será oficialmente adotada pelos Chefes de Estado e de Governo do mundo todo na “Cúpula das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável 2015”. Esse evento, que ocorrerá às vésperas da Sessão de Abertura da 70ª Assembleia Geral das Nações Unidas, será a ocasião para que os líderes do mundo anunciem seu compromisso inequívoco com o desenvolvimento sustentável e com a materialização do “Futuro que Queremos”.

 

 

 

Assessoria de Imprensa – ChildFund Brasil

 

Yan Fernandes

(31)2511-9707 / 8785-3851

 

Para apadrinhar, ligue: 0300 313 2003
Já é padrinho, ligue: 0300 313 0110

Transparência

Solidez, transparência e integridade são os pilares que compõem a governança do ChildFund Brasil. Nos preocupamos em utilizar com eficiência todos os recursos que nos são confiados pelos doadores e atualizar em nosso site periodicamente, relatórios, demonstrações contábeis e reconhecimentos sociais obtidos sob os mais diversos temas relacionados ao nosso trabalho no país.

Saiba mais

Nossos números

No Brasil

  • Mais de 127 mil pessoas aproximadamente participam de nossos projetos.

  • Mais de 41 mil crianças, adolescentes e jovens beneficiados

  • Mais de 40 organizações sociais parceiras

No Mundo

  • 20 milhões de pessoas beneficiadas

  • Faz parte de uma rede presente em Mais de 60 países