167 diferenças que a sua doação em dinheiro faz na vida de uma criança

Para promover mudanças nas condições sociais de pobreza, vulnerabilidade e privação social a que muitas crianças brasileiras estão submetidas, o ChildFund Brasil atua, há 51 anos, por meio de diversas frentes de trabalho financiadas pela doação em dinheiro. As iniciativas visam a proteção e o desenvolvimento infantil, a saúde, a educação, os vínculos interpessoais, a valorização da comunidade, a sustentabilidade financeira, a cidadania e o comprometimento com a sociedade. Abordamos os resultados mais recentes a seguir.

Quer saber como a sua doação em dinheiro é capaz de impactar milhares de vidas? Conheça a abrangência das nossas ações!

Resultados ChildFund Brasil 2017

No ano passado, o total de beneficiados diretos e indiretos ultrapassou 140 mil pessoas, de 30.771 famílias diferentes! Crianças, adolescentes e jovens somam 42.425 mil desse montante.

As ações aconteceram em 705 comunidades localizadas em 53 municípios de 7 estados do país (Minas Gerais, Goiás, Bahia, Ceará, Piauí, Rio Grande do Norte e Pernambuco). Ao todo, foram colocados em prática 167 projetos sociais, nos quais foram investidos mais de R$ 29 milhões, valor possível por meio de 34 mil apadrinhamentos.

Para concretizar as iniciativas, o ChildFund Brasil conta com as OSP (Organizações Sociais Parceiras) que recebem suporte e são monitoradas quanto aos procedimentos para a execução das iniciativas e os seus resultados. São três as faixas etárias envolvidas pelos projetos e tecnologias sociais: de 0 a 5 anos, 6 a 14 anos e 15 a 24 anos. Abaixo, entenda como as frentes de trabalho são desenvolvidas com os recursos dos padrinhos e madrinhas.

Proteção infantil

Para promover o cumprimento dos direitos infantis que garantem condições para o crescimento saudável das crianças, a tecnologia social “Brincando nos Fortalecemos” — de prevenção aos maus-tratos e à violência sexual —  trabalha com oficinas, capacitação de educadores e agentes. Eles se baseiam em uma didática lúdica para que as crianças fortaleçam as suas estruturas pessoais. Em 2017, a iniciativa esteve presente em 42 organizações, sendo multiplicada a partir de 36 turmas, que totalizaram 552 crianças, de 14 e 11 anos.

Saúde

Para incentivar hábitos que criam um ambiente favorável ao desenvolvimento, a tecnologia Animador Comunitário capacitou mais de 1.500 voluntários para que acompanhassem famílias. Durante a rotina de visitas, eles promoveram o fortalecimento dos vínculos familiares e realizaram orientações de diversos temas, como a prevenção de doenças e a frequência escolar a 4.637 beneficiados.

Sustentabilidade financeira

Fomentar o conhecimento financeiro é um dos recursos utilizados para formar cidadãos críticos e com espírito empreendedor dos 6 anos de idade até os 18. As tecnologias Aflatoun e Aflateen ensinaram gestão de recursos financeiros e opções de investimentos por meio de 144 “clubinhos”, divididos em duas faixas etárias, que tiveram 2.588 participantes.

Os adultos das famílias também se envolveram em ações que refletem no desenvolvimento e bem-estar das crianças e dos adolescentes. A educação financeira e a identificação de oportunidades são formas de melhorar a vida das comunidades em situação de pobreza e foram ensinamentos multiplicados pela tecnologia Gold+(Grupos de Oportunidades Locais de Desenvolvimento), presente em 34 organizações, que integram 1.232 pessoas.

Cidadania

Modalidades esportivas de luta — como as artes marciais e o boxe — somadas à educação, à empregabilidade, ao incentivo à liderança juvenil e ao suporte social fizeram da Luta pela Paz uma ação importante para a vida de jovens que, antes, estavam nas ruas. Em 2017, foram 135 turmas ativas que impactaram 1.957 crianças, adolescentes e jovens. Já o MJPOP engaja os jovens no monitoramento dos serviços públicos, por meio da conscientização e do empoderamento promovidos a partir de 50 grupos de formação, que realizaram seminários, oficinas e debates a fim de estimular 1.098 participantes a exercerem uma postura ativa na sociedade.

Cultura

O projeto Rejudes (Rede de Juventude em Defesa dos seus Direitos Sociais) tem abrangência nacional com comitês de esfera local, regional e nacional e atua por meio do esporte e das expressões artísticas, a fim de promover ambientes saudáveis, igualitários e dignos, que garantam o protagonismo a 7.034 jovens. Já a Casinha de Cultura promoveu encontros que integraram crianças e adultos em oficinas diversas de 22 organizações. A ação proporcionou o desenvolvimento de 2.013 pessoas, 988 que formaram grupos de trabalho e grupos culturais que fortaleceram a identidade cultural e as relações interpessoais.

Doação em dinheiro

O apadrinhamento é a principal fonte de renda do ChildFund Brasil, que fez de todos esses projetos uma realidade. A doação em dinheiro foi fonte responsável por 77,44% do investimento em 2017.

O número de padrinhos e madrinhas chegou a 33.727, quantidade que, infelizmente, está em queda. Afinal, o ano de 2015 registrou 37.293 apadrinhamentos, enquanto em 2016 foram 35.350.

O valor mensal de contribuição de cada um deles é de R$ 57, quantia enviada ao fundo que destina os valores para os projetos. O progresso das ações e o investimento realizado em cada uma delas é monitorado diariamente por diversas métricas de análise, que permitem avaliar o impacto real nas comunidades.

Outro ponto de destaque é que as pessoas que optam por apadrinhar são sempre atualizadas sobre o desenvolvimento do afilhado pelo Relatório de Progresso, enviado uma vez ao ano. Somado a esse acompanhamento, também é possível trocar correspondências — sob o monitoramento do ChildFund Brasil, a fim de proteger as crianças e a privacidade dos doadores — entre o padrinho ou madrinha e a criança ou o adolescente. Um trabalho sério, que é acompanhado de ponta a ponta para levar mudanças e transparência a todos os envolvidos.

Quer saber mais sobre o impacto das ações e também fazer a diferença no destino de milhares de vidas? Entre em contato com a gente e esclareça todas as suas dúvidas!

Related Post

ChildFund

O ChildFund Brasil é uma organização de desenvolvimento social que por meio de uma sólida experiência na elaboração e no monitoramento de programas e projetos sociais mobiliza pessoas para a transformação de vidas. Crianças, adolescentes, jovens, famílias e comunidades em situação de risco social são apoiadas para que possam exercer com plenitude o direito à cidadania.

LEIA TAMBÉM