Além da minha igreja, como ajudar quem precisa?

O sentimento cristão que inspira à prática da caridade, das boas obras, nos ajuda a sermos mais fortes para vencer os desafios que enfrentamos na vida. Muito além de testemunhos e depoimentos, a própria ciência tem evidenciado isso: ajudar quem precisa revigora o coração de quem pratica o ato altruísta.

Um exemplo disso foi publicado por um estudo bem completo da Harvard Business School, intitulado em português “Sentir-se bem ao doar: os benefícios (e custos) a quem faz caridade”.

Já que fazem tão bem assim, que tal fazer com que essas atitudes se tornem um hábito em sua vida? Por mais que você tenha no seu coração esse desejo, quando se fala da prática frequente da caridade, alguns empecilhos comuns logo vêm à mente. Mas, desconstruí-los é o primeiro passo para que possamos realmente ajudar quem precisa.

DESAFIOS O QUE FAZER?
Estou sem tempo para assumir um compromisso voluntário. Como sua vida pode estar corrida nesse período, você pode assumir o compromisso de voluntariado esporádico, em datas específicas, como Dia das Crianças, festividades de fim de ano…
Sou tímido(a) para alguma atividade fora da minha igreja. Há inúmeras formas de atuar com o trabalho voluntário. Ele pode ser feito até mesmo pela internet. Neste link, há algumas ideias de como fazer isso.
Não tenho dinheiro para ajudar uma associação civil. Há várias formas de ajudar quem precisa. Seja doando seu tempo, suas habilidades, divulgando iniciativas transformadoras. Uma delas pode se encaixar no seu perfil.
Não sei ao certo quem ajudar, há tantas opções de associações civis. Pesquise e avalie muito bem a ONG que merece a sua confiança. Veja um ebook gratuito bem esclarecedor que traz orientações para isso.

Temos certeza que você pode ter se identificado com alguns dos pontos acima… Mas, mesmo que solucionados esses fatores, como transformar esse combustível de ajuda aos próximos em uma atuação frequente, além da necessária ajuda para a igreja?

Em outro post aqui do blog listamos “5 projetos sociais que podem ser realizados pela igreja. Caso você ainda não tenha em mente a realização dessas frentes, há outras maneiras de colocar em prática os ensinamentos cristãos que você tanto valoriza no coração.

ajudar quem precisa

6 ações para ajudar quem precisa

  • Doação de sangue e de órgãos: um exemplo de atitude que pode ajudar muita gente é colocar na agenda anual seus compromissos de doação de sangue. Caso não seja o seu caso (por ter alguma restrição de idade, peso ou uma enfermidade que impossibilite), sua contribuição pode ser mobilizando pessoas que convivem com você e também divulgar ações como essa pela internet. Outra maneira também é declarar-se doador de órgãos aos seus familiares.
  • Valorize o consumo consciente e doe o que não está em uso: outra maneira de ajudar também é implantar medidas de consumo consciente, que deve começar antes mesmo de ir ao supermercado. Evitar a compra desnecessária, o desperdício de itens e separar roupas que estão paradas há mais de três meses, livros e alimentos (esses dentro do prazo de validade) que podem ser úteis para outras pessoas.
  • Exercite o voluntariado em associações civis: uma maneira de ajudar quem precisa, além da própria igreja, é destinar uma parte do tempo para o trabalho voluntário. Nesse sentido, há vários formatos possíveis. Um deles é o vínculo eventual, pelo qual você poderá participar em ocasiões especiais (como mutirões). Há ainda o vínculo regular, onde você tem a oportunidade de fixar o dia e hora na agenda para fazer a sua parte.
  • Apoiar uma associação civil: uma maneira de estender sua ação de caridade é investir sua confiança em uma instituição de tradição, que possua um trabalho transformador em benefício de comunidades que vivem em risco social. Uma recomendação, por exemplo, é destinar doações esporádicas ou mensais ao ChildFund Brasil (organização que atua no país há mais de 50 anos, melhorando o futuro de milhares de crianças, adolescentes e jovens).
  • Faça um aniversário solidário: ao convidar as pessoas para a festa do seu aniversário, informe todos os participantes que você pretende reunir fundos para ajudar instituições e solicite a troca do seu presente por doações de alimentos dos convidados. Essa atitude é uma forma divertida e solidária de comemorar o seu aniversário, incentivar os amigos e familiares a ajudarem quem precisa e ser grato a Deus por mais um ano de sua vida.
  • Visite idosos e doentes: dar atenção aos doentes no hospital e os idosos em asilos é um gesto simples que poderá deixá-los contentes. Quem enfrenta uma grave doença ou velhice solitária merece apoio e carinho, mas nem sempre recebem isso de suas famílias e amigos. Portanto, marque agora uma visita e descubra como um pouco da sua presença pode alegrar a vida de várias pessoas.

Temos certeza que o seu coração bondoso encontrará ainda outras saídas para cultivar esse bom hábito de ajudar pessoas que necessitam da sua ajuda: seja ela com doações em dinheiro, do seu tempo ou de qualquer outra forma que possa contribuir!

E você: o que já fez para ajudar quem precisa? Conte para gente nos comentários abaixo. Certamente sua atuação poderá inspirar outras pessoas a ajudar quem precisa.

ChildFund Brasil

O ChildFund Brasil é uma organização de desenvolvimento social que por meio de uma sólida experiência na elaboração e no monitoramento de programas e projetos sociais mobiliza pessoas para a transformação de vidas. Crianças, adolescentes, jovens, famílias e comunidades em situação de risco social são apoiadas para que possam exercer com plenitude o direito à cidadania.

LEIA TAMBÉM